Cachorro

Top 10 raças de cachorros gigantes: Confira essa lista de gigantes

Você conhece as raças de cachorros gigantes?

Os cachorros têm sido nossos companheiros leais ao longo da história, desempenhando diversos papéis, desde cães de guarda, companheiros de trabalho, até fiéis e inseparáveis amigos. Mas, em um mundo cheio de diversidade canina, algumas raças se destacam por sua imponência e tamanho gigantesco. Neste artigo, vamos explorar as top 10 raças de cachorros gigantes e suas características.

10. Terra Nova: O gigante gentil

Origem: Canadá

Altura: machos 71 cm e fêmeas 66 cm.

Peso: machos 68 kg e fêmeas 54 kg.

cão terra nova de cor preta em uma paisagem com neve
Cachorro da raça Terra Nova – Imagem de senivpetro no Freepik

História da raça: Os Terra Novas, oriundos da ilha Terra Nova no Canadá, têm raízes que se misturam com os cães indígenas e os imponentes cães urso preto introduzidos pelos Vikings. Usados como cães de trenó para cargas pesadas e cão d’água, por ser um excelente nadador. Embora sejam grandes, sua gentileza e serenidade os tornam excelentes companheiros.

Características: O Terra Nova tem um corpo peludo, poderoso, musculoso e bem coordenado em seus movimentos.

Temperamento: São alegres e criativos, conhecidos por serem bons e tranquilos.

9. São Bernardo: O cachorro herói das montanhas

Origem: Suíça

Altura: machos  70-90 cm e fêmeas 65-80 cm

cão são bernardo com a língua de fora
Cão da raça São Bernardo – Foto de Vlad Rudkov na Unsplash

História da raça: A origem da raça é relacionada ao alto da grande passagem de São Bernardo, 2469 metros acima do nível do mar, onde um hospício foi fundado por monges no século 11 como um lugar de refúgio para viajantes e peregrinos. No Hospício de São Bernardo, nas montanhas suíças, esses gigantes eram usados para proteger viajantes e peregrinos, principalmente em meio a neve e também nevoeiros. É um cão de companhia, guarda e fazenda, conhecido por sua coragem e amizade. A raça se tornou popular após os 8 filmes intitulados “Beethoven”, que contam a história do São Bernardo Beethoven e sua família.

Características: São cães poderosos, de tamanho considerável e aparência impressionante. Eles são musculosos e possuem uma cabeça grande e expressiva, com expressão facial alerta. Os cães da raça babam bastante.

Temperamento: São amigáveis por natureza, calmos e astutos. Costumam ser vigilantes e indiferentes com estranhos.

8. Leonberger: O leão gentil da Alemanha

Origem: Alemanha

Altura: Machos 72-80 cm e fêmeas 65-75 cm

cão gigante da raça leonberger
Cão da raça Leonberger – Imagem de Amanda por Pixabay

História da Raça: O Leonberger, desenvolvido por Heinrich Essig, foi projetado para se assemelhar a um leão, símbolo da cidade de Leonberg. Com uma história marcada pelo uso como cão de guarda e tração, a raça viu sua popularidade diminuir durante as Guerras Mundiais e no pós-guerra. No entanto, hoje é um excelente cão de família que se adapta facilmente à vida moderna. É provável que você tenha notado, que além de serem impressionantes pelo tamanho, são muito bonitos e tem uma vasta pelagem.

Características: São grandes, fortes e musculosos, com uma aparência imponente e tranquila.

Temperamento: Como cães de família, são agradáveis companheiros que se adaptam facilmente à vida moderna. São conhecidos por serem amáveis com crianças, não sendo tímidos nem agressivos. Sua autoconfiança, serenidade e capacidade de aprendizado são notáveis, tornando-o insensível ao barulho.

7. Cão da Serra da Estrela: Guardião português

Origem: Portugal

Altura: machos 65-73 cm e fêmeas 62-69 cm

Peso: machos 45-60 kg e fêmeas 35-45 kg

cachorro serra da estrela sentado em grama
Cão da Serra da Estrela – Foto de gailhampshire no Flickr, via Wikimedia Commons

História da Raça: Companhia inseparável dos pastores e fiel guardião dos rebanhos. Este cão, originário das montanhas da Serra da Estrela, em Portugal, pode ser encontrado desde as encostas das montanhas até altitudes elevadas, por volta de 2000 metros acima do nível do mar. É uma raça rústica, comumente utilizada como cão de guarda de rebanhos, animal de fazenda e de companhia, por vezes desempenhando também função de tração.

Características: Essa raça possui uma aparência robusta, lembrando um mastife do tipo molossóide. Movimentam-se de forma vivaz e atitude imponente. Sua aparência rústica e substancial é acompanhada por um olhar calmo, vivo e expressivo. A raça apresenta duas variedades de pelo, longo e curto.

Temperamento: Apesar da aparência rústica e tamanho surpreendente, são cães leais e confiáveis, dóceis com seus tutores, mas desconfiados com estranhos.

6. Mastim Inglês: O cachorro gigante e corajoso

Origem: Grã-Bretanha

Altura: machos 78 cm e fêmeas 71 cm

Peso: machos 79-88 kg e fêmeas 79-86 kg

 cachorro gigante da raça mastin ou mastiff ingles
Cão Mastin Inglês – Foto de Fotosuabe no Flickr, via Wikimedia Commons

História da Raça: O Mastiff, não da mesma forma como vemos hoje, é uma raça ancestral que desempenha um papel na história há centenas de anos, remontando à época dos romanos invadindo a Grã-Bretanha. Nessa época, os romanos ficaram tão impressionados com a raça que colocou animais para lutarem nas arenas de Roma.

Sua coragem e instinto de guarda são lendários, e a raça quase foi extinta na Grã-Bretanha após a Segunda Guerra Mundial. No entanto, a importação de linhagens reavivou a raça. Hoje é uma raça comumente utilizada para guarda e defesa.

Características: Possuem pelagem curta e um corpo muito grande e musculoso, com uma cabeça quadrada e imponente.

Temperamento: São calmos e afetuosos com tutores e família. Geralmente são indiferentes com estranhos, mas tem um forte instinto de guarda e são conhecidos pela sua coragem. É uma raça que não costuma latir, mesmo diante de ameaças.

5. Mastim Napolitano: O cão gigante da Itália

Origem: Itália

Altura: machos 65-75 cm e fêmeas 60-68 cm

Peso: machos 60-70 kg e fêmeas 50-60 kg

cachorro da raça italiana mastim napolitano
Mastim Napolitano – Foto de Keelalavers1995 via Wikimedia Commons

História da Raça: É o ancestral de muitas outras raças de Mastiffs que se desenvolveram em diferentes países europeus. Esta raça sobreviveu ao longo de muitos séculos nas zonas rurais ao pé do Vesúvio e na região de Nápoles na Itália. O ressurgimento do “Mastino Napoletano” ocorreu após 1947, graças à perseverança e dedicação de um grupo de entusiastas da raça.

Características: Imponente, robusto e de aparência volumosa, o Mastim Napolitano se destaca por sua cabeça com pele abundante, exibindo rugas e dobras distintivas. Sua forma de locomoção é uma característica marcante da raça, com uma movimentação que se assemelha ao caminhar de felinos e passadas que lembram as de leões.

Temperamento: O Mastim Napolitano é conhecido por seu temperamento firme e leal, sendo um guardião zeloso de propriedades e de seus habitantes. Apesar de sua imponência, não é agressivo sem motivo e não morde indiscriminadamente. Sempre vigilante, demonstra inteligência, nobreza e majestosidade em seu comportamento.

4. Kuvasz: Guardião húngaro

Origem: Hungria

Altura: machos 71-76 cm e fêmeas 66-70 cm

Peso: machos 48-62 kg e fêmeas 37-50 kg

cachorro branco da raça kuvasz na frente de uma montanha
Cão da raça Kuvasz – Foto de Tychon Krug no Pexels

História da Raça: Os Kuvasz têm origens na Hungria, onde eram usados para guardar rebanhos contra animais de rapina e ladrões. Atualmente, são utilizados para guarda e defesa de propriedades e pessoas.

Características: os cães desta raça são fortes, grandes e têm uma pelagem densa, ondulada e branca. Sua aparência é agradável e amigável.

Temperamento: O Kuvasz é uma raça de cão determinada e corajosa, exibindo grande autoconfiança na defesa das pessoas e propriedades sob sua responsabilidade, às vezes arriscando a própria vida para fazê-lo.

Sua lealdade é inabalável, sendo um companheiro confiável que ama profundamente seu tutor e seu entorno. No entanto, quando confrontado com ameaças ou maus-tratos, pode manifestar agressividade.

Esses cães necessitam de bastante exercício e estimulação mental para se manterem felizes. São animais dependentes e de baixas exigências, resistentes a condições climáticas severas. O Kuvasz aprecia enormemente qualquer amor e carinho que recebe de seus cuidadores.

3. Mastim Tibetano: O guardião pastor do Himalaia

Origem: Tibet

Altura: machos 66 cm no mínimo, e fêmeas 61 cm no mínimo

Peso: machos 80 kg e fêmeas 70 kg

cachorro enorme raça mastim tibetano, do tibet
Cachorro da raça Mastim Tibetano – Foto de Pleple2000 via Wikimedia Commons

História da Raça: Desde os primórdios, o Mastim Tibetano foi envolto em mistério, e até mesmo figuras históricas como Aristóteles (348-322 a.C.) e o famoso explorador Marco Polo que visitou a Ásia em 1271, fizeram menções à raça em seus escritos. A origem e utilização do Mastin Tibetano relaciona-se com as antigas tradições dos pastores nômades do Himalaia e com a guarda dos monastérios tibetanos. É hoje, um cão utilizado para guarda, companhia e proteção.

Características: São poderosos, pesados, e bem constituídos, com uma aparência solene e séria. São conhecidos como animais resistentes, com aptidão para trabalhar em condições climáticas extremas. Amadurecem lentamente, somente atingindo a maturidade em 2-3 anos nas fêmeas e pelo menos em 4 anos nos machos. As fêmeas têm um cio por ano. Quando estão em climas mais frios, possuem uma pelagem comprida e densa no pescoço, similar a uma juba de leão.

Temperamento: São animais muito sérios, independentes, protetores e respeitam comandos. É considerado como um dos cães mais leais à sua família e território, ou seja, são extremamente protetores e não costumam aceitar estranhos. 

2. Dogo Argentino: O gigante farejador

Origem: Argentina

Altura: machos 60-68 cm e fêmeas 60-65 cm

Peso: machos 40-45 kg e fêmeas 40-43 kg

cão da raça dogo argentino farejando e caçando em pasto grama
Dogo Argentino – Foto de Христо Георгиев no Pexels

História da Raça: O Dogo Argentino é uma raça grande e forte, muito utilizada para a caça em matilha de grandes presas, como javalis, queixadas e pumas, que são grandes predadores e ameaças às atividades de agricultura e pecuária. Além de sua força, o Dogo Argentino consegue farejar o ar e rastrear suas presas, o que o torna um caçador excepcional.

Características: São cães grandes, fortes, de pelagem curta e branca.

Temperamento: São fortes, resistentes, valentes. Não costumam ser agressivos com humanos, mas a socialização é importante.

1. Dogue Alemão: Amigável, paciente, confiável e super gigante

Origem: Alemanha

Altura: machos 80-90 cm e fêmeas 72-84 cm

enorme cachorro prateado da raça dogue alemão scooby doo
Dogue alemão – Imagem de Martin Tajmr por Pixabay

História da Raça: O Dogue Alemão é um candidato com muita altura dentro das top 10 raças de cachorros gigantes. A raça tem suas raízes em antigos cães de caça e bulldogues alemães. Inicialmente, o termo “Dogue” era generalista e usado para se referir a cães grandes e fortes. Posteriormente, várias denominações, como “Dogue Inglês” e “Dogue Dinamarquês”, foram usadas para categorizar diferentes variedades com base em cor e tamanho. Em 1878, um comitê em Berlim unificou essas variedades sob o nome “Deutsche Doggen” (Dogue Alemão), estabelecendo as bases para a criação de uma raça canina alemã autônoma, que foi reconhecida e regulamentada em 1880. Atualmente, os gigantes da Dogue Alemão são considerados animais de companhia, guarda e proteção.

Um famoso representante da raça é o adorável personagem Scooby-Doo na série de desenhos animados de mesmo nome.

Características:

São cães gigantes e elegantes. De acordo com o guia do padrão oficial da raça, da Confederação Internacional de Cinofilia, quem os observa tem a impressão de estar diante de uma estátua cheia de nobreza. O mesmo guia compara o Dogue Alemão como “o Apolo entre as outras raças caninas”, ou seja, uma maneira de elogiar sua aparência imponente e majestosa, comparando-a à grandeza do deus Apolo na mitologia grega.

Temperamento: Amigável, carinhoso e profundamente dedicado aos seus tutores. Embora seja reservado com estranhos, demonstra confiança e coragem, mantendo-se dócil e altamente resistente à provocação, sem demonstrar agressividade.

 

Essa foi nossa seleção com as 10 raças gigantes de cachorros. Além delas, existem outras raças de cães imponentes com raízes diversas e histórias fascinantes.

 

Saiba mais em:

 

Leia também:

Elisa F Cruz

Escrever sobre animais é um hobbie e uma diversão. Sempre me intriga as perguntas que as pessoas têm sobre seus bichinhos de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *