Generalidades

Porque chamamos os animais de PETS?

Você já parou pra pensar por que chamamos os animais de pets? Esse termo pets é uma forma mais curta e informal de dizer “animal de companhia”, ou “animal de estimação”. A popularidade e o uso da palavra cresceu ao longo do ‘tempo e hoje ela é conhecida ao redor do mundo.  

Qual a origem da palavra “Pet”?

A origem da palavra “pet” é incerta. Algumas pessoas acreditam que essa palavra deriva do inglês, em referência à palavra “petty”, que significava algo pequeno, carinhoso ou pessoal no inglês antigo. Outros defendem que ela tem origem no escocês, onde “pet” está relacionado à palavra “petit”, que tem um significado semelhante. Há também quem acredite que vem do francês, da palavra “prettier”, que significa “mais bonito

Por que chamamos os animais de companhia de Pet? 

cavalo pet
Foto de Yael Gonzalez na Unsplash

A palavra é mais curta e mais fácil de pronunciar do que “animais de estimação”, por isso ela é uma opção mais prática para as conversas do dia a dia. Além disso, “pet” transmite uma sensação maior de afeto e proximidade, destacando o relacionamento especial que compartilhamos com esses animais.

Quais animais são considerados pets?

Quando falamos de pets, a diversidade é enorme! Não se limita apenas a cães e gatos, sabe? Pode ser um cavalo elegante, um coelhinho adorável, ou até mesmo um animal mais exótico, como uma tarântula. Afinal, pet é um animal que faz companhia e é muito querido por seu tutor.

Animais selvagens são pets?

guaxinim selvagem no campo
Foto de Gary Bendig na Unsplash

Animais selvagens, como leões, elefantes, guaxinins e cobras não podem ser considerados pets porque têm necessidades muito diferentes dos animais domésticos, como cães e gatos. Eles precisam de muito espaço, alimentação específica e vivem em ambientes selvagens. Ter esses animais como pets poderia prejudicar a natureza e contribuir para o tráfico ilegal de animais.
Além disso, esses animais não são domesticados, manter eles presos pode causar sofrimento para eles.

Conclusão

Quando falamos de pets, a diversidade é enorme! Não se limita apenas a cães e gatos, sabe? Pode ser um cavalo elegante, um coelhinho adorável, ou até mesmo um animal mais exótico, como uma tarântula. O que realmente importa é o vínculo especial e a conexão genuína que compartilhamos com esses animais. Desde que exista uma ligação autêntica e que ele não seja de espécie selvagem, um animal pode ser considerado um pet, independentemente da espécie!

Elisa F Cruz

Escrever sobre animais é um hobbie e uma diversão. Sempre me intriga as perguntas que as pessoas têm sobre seus bichinhos de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *