Saúde e bem-estar

Calos de apoio nos cotovelos do cachorro

Calos de apoio nos cotovelos dos cães, também chamados de hiperqueratose, são um problema de pele que pode acontecer com alguns cães. Isso faz a pele dos cotovelos deles ficar grossa e áspera, semelhante ao calo de calcanhar em humanos.

A pele fica mais grossa e áspera porque as células da epiderme (a camada mais externa da pele) não se desprendem normalmente, ocorre então acúmulo de queratina, uma proteína que compõe a pele, unhas e cabelo. Esse acúmulo de queratina leva à formação de uma camada grossa de pele, que pode rachar, ressecar e, em alguns casos, pode causar desconforto ou irritação ao cão.

O que causa os calos de apoio

Os calos de apoio ocorrem quando os cães passam muito tempo deitados em superfícies duras e ásperas, como o concreto. Eles surgem devido ao contato e à pressão nas áreas de apoio do cão, como os cotovelos e as patas, com superfícies como o concreto, resultando na formação de calos.

cachorro sentado apoiado nos cotovelos
Cachorro sentado. Os cotovelos e calcanhares representam a área de apoio e estão evidenciados nos círculos em vermelho.
Foto de Marcelo Chagas no Pexels 

Raças predispostas

Algumas raças de cães, como Dachshund, Boxer, Bulldog, Doberman, Pit Bull Terrier e Basset Hound, têm mais chances de ter esses calos. Isso acontece porque seus cotovelos são mais visíveis, ou porque eles são animais maiores e mais pesados, causando maior contato ou pressão com o chão duro.

No entanto, é importante lembrar que qualquer cão pode desenvolver calos de apoio se ficar em superfícies duras por muito tempo.

Os riscos dos calos de apoio para os animais

Em geral, os calos de apoio em cães não são dolorosos. No entanto, em casos mais graves, a pele grossa pode rachar, o que pode ser desconfortável e causar dor para o animal. Além disso, rachaduras e ferimentos não tratados podem infeccionar e desenvolver problemas mais sérios.

Como tratar ou evitar os calos de apoio em cães?

Se você quer evitar o surgimento dos calos no seu pet, ou ainda se perceber que seu cão está começando a desenvolver calos de apoio, você pode:

  • Providencie superfícies macias e confortáveis para os animais descansarem: As caminhas, colchões, tapetes ou até mesmo a grama são opções macias e confortáveis para os pets, evitando que eles descansem em superfícies muito ásperas que podem machucar a pele das regiões de apoio, como cotovelos e patas.
  • Hidrate os cotovelos e patas dos cães: Existem cremes específicos para patas e cotovelos de cães. São cremes que possuem alto poder de hidratação. Eles ajudam a manter a pele hidratada, macia e saudável, prevenindo o ressecamento e a formação dos calos.
  • Consulte um veterinário: É fundamental contar com a avaliação de um profissional para verificar a saúde geral do seu animal. O veterinário é capaz de avaliar a presença de deficiências alimentares, e até mesmo determinar tratamentos, caso seja necessário.

    cachorro dormindo cama macia e confortável
    Foto de Albina White no Pexels

Por que é importante cuidar dos calos de apoio

Os calos de apoio, se não tratados, podem desenvolver rachaduras e até mesmo infeccionar, causando dor e desconforto aos animais. Portanto, é essencial proporcionar locais confortáveis para o seu cachorro descansar. Se necessário, não hesite em buscar orientação de um veterinário.

Os calos de apoio em cães são comuns, mas com as dicas deste artigo, você pode ajudar a evitar o surgimento deles em seu animal de estimação. Desejamos que seu amigão tenha cotovelos saudáveis e macios.

Elisa F Cruz

Escrever sobre animais é um hobbie e uma diversão. Sempre me intriga as perguntas que as pessoas têm sobre seus bichinhos de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *