Saúde e bem-estar

Injeção anti-cio e seus riscos para a saúde de cadelas e gatas

A chamada “injeção anti-cio” ou “injeção anticoncepcional” é um tratamento que contém hormônios para evitar que cadelas e gatas entrem no cio, impedindo assim que elas tenham filhotes por um período de tempo.

Quando uma cadela ou gata entra no cio, isso significa que ela está pronta para ter filhotes. A injeção anticoncepcional ajuda a evitar que isso aconteça.

Atualmente, essas injeções são vendidas em lugares como casas de ração, agropecuárias, petshops e até mesmo online.

 

As injeções anti-cio e o risco à saúde dos animais

O problema é que, quando usadas de forma inadequada, sem prescrição e por longos períodos, essas injeções podem causar problemas de saúde sérios nas fêmeas, como doenças uterinas e tumores mamários. Essas doenças podem piorar com o tempo, principalmente se não forem tratadas adequadamente.

As injeções anti-cio são tão problemáticas que existe um Projeto de Lei (4853/2020) do Deputado Célio Studart (PV-CE) com o fim de proibir a venda e o uso desses medicamentos em todo o país.

 

Conscientização dos tutores sobre os riscos

Muitos tutores ainda usam essas injeções para evitar que suas cadelas e gatas tenham filhotes. Em alguns casos, os tutores querem prevenir o nascimento de mais filhotes por não terem condições socioeconômicas suficientes para cuidarem de novos animais. Alguns o fazem também por falta de conhecimento sobre os riscos para a saúde dos animais, e outros usam as injeções por não terem formas alternativas para evitar que as fêmeas fiquem prenhes. 

Ainda assim, o melhor é sempre conversar com um veterinário, que é o médico dos animais, para tomar uma decisão informada sobre a saúde da sua cadela ou gata. Muitas vezes, a castração, que é um procedimento realizado pelo veterinário, pode ser a opção mais segura e eficaz para evitar que os animais tenham filhotes.

gata grávida na rua com a barriga grande
Foto de Li Lin na Unsplash

Quando a castração não é de fácil acesso, tutores podem procurar apoio em canis, projetos de castração ou ONGs. Nesses locais, é possível saber se há ajuda disponível em sua região, como mutirões de castração ou castração de baixo custo. O importante é entender que as injeções não são a melhor maneira de evitar filhotes. Afinal, as injeções anticoncepcionais podem causar sérios problemas de saúde aos animais. Em casos mais graves, os animais podem precisar de atendimento de urgência com o veterinário, correndo muitas vezes, até risco de vida.

 

 

Leia também:

Saiba mais em:

 

Elisa F Cruz

Escrever sobre animais é um hobbie e uma diversão. Sempre me intriga as perguntas que as pessoas têm sobre seus bichinhos de estimação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *